Procissões

A Procissão do Enterro do Senhor

É a Procissão mais antiga da Paróquia de Santa Catarina. Trata-se de uma procissão já centenária que se realiza na noite de Sexta-feira Santa. Recorda, depois da celebração da Paixão e Morte de Jesus, a Sua sepultura.

As imagens que são transportadas nesta procissão são imagens de roca (de vestir) evocando o realismo das figuras e procurando imprimir um cunho de devoção e catequese a esta Procissão. São elas a imagem de Santa Maria Madalena com os perfumes nas mãos para ungir o corpo de Jesus, a imagem de São João Evangelista, Nossa Senhora das Dores e o esquife com a imagem de Jesus morto. De salientar o grupo de crianças que, com vestes do século XVIII/XIX, transportam os Martírios, ou seja, os símbolos da Paixão de Cristo.

A procissão percorre algumas ruas da Paróquia desde São bento até ao Bairro Alto.

 

Procissão do Encontro

Esta procissão realiza-se há cerca de 8 anos. Trata-se da Procissão em que se recorda o encontro de Jesus com Nossa Senhora. Esta procissão tem a particularidade de se realizar em comunhão com as Paróquias de Nossa Senhora das Mercês, Santa Catarina, Santos-o-Velho e São Francisco de Paula. Uma Procissão inter-vicarial. Normalmente a Imagem de Nossa Senhora das Dores sai da Igreja de Santa Catarina até São Bento onde se encontra com a Procissão que vem de Santos. O final da procissão varia de ano para ano. Termina ou em Sta. Catarina, ou nas Mercês ou em Santos-o-Velho, sempre com a celebração da Missa pelas 18h30.

Assim, organizam-se duas procissões, a que vem de Santos e a que vem destas Paróquias de Sta. Catarina e Mercês, juntando-se depois numa única procissão. No momento do encontro realiza-se o sermão onde se exorta à contemplação desse momento único do encontro de Jesus a caminho do Calvário com Nossa Senhora. Realiza-se sempre no IV Domingo da Quaresma.

Procissão de Nossa Senhora da Escada – Mercês

Variando com a Procissão de Nossa Senhora da Saúde, a Procissão de Nossa Senhora da Escada realiza-se na Igreja das Mercês no primeiro ou segundo Domingo de Maio.

Trata-se de uma procissão que teve vasta tradição histórica perdida nos séculos mas que durante muitos anos este interrompida. Há uns anos foi retomada. A Imagem de Nossa Senhora da Escada está envolvida nalgumas lendas. Uns levam-na à Capela existente junto à Igreja de São Domingos na Baixa de Lisboa onde chegava um braço do Tejo. Os pescadores Marinheiros subiam a escadaria da Capela, atracando ali os barcos, para irem rezar à Virgem Maria. Existe a tradição de que São Nuno de Santa Maria, muitas vezes ali se dirigiu.

Outros referem a Senhora da Escada como a Imagem que se encontrava numa das escadas do Convento de Nossa Senhora de Jesus (hoje Igreja das Mercês) e que terá sido levada para a Igreja por pedido do povo de Deus.

Nossa Senhora da Escada é Padroeira da Armada que sempre acompanha esta procissão.

 

Procissão de velas de Nossa Senhora de Fátima

Trata-se de uma procissão que se realiza desde 2005 em Santa Catarina.

A Imagem de Nossa Senhora de Fátima foi oferecida pelo Santuário de Fátima em 2004 e benzida na Missa no Santuário de Fátima em Junho de 2004.

Sai da Capela dos Fiéis de Deus na Rua dos Caetanos e percorre as Ruas do Bairro Alto, São Bento e Santa Catarina.

Pretende levar a mensagem de Fátima e a serenidade da brancura de Nossa Senhora. Normalmente pára um momento junto ao Lar de Nossa Senhora do Amparo na Rua da Rosa onde os idosos com toda a simplicidade fazem a sua homenagem à Mãe de Deus. Pára ainda junto ao Hospital de São Luís.

Descendo pelo Bairro Alto passa em frente à Igreja de Santa Catarina e segue por São Bento subindo depois até à Rua de Santa Catarina dirigindo-se à Igreja de Santa Catarina pela Travessa da Condessa do Rio.

Trata-se de uma Procissão com cânticos e recitação do Terço. Serena e transmitindo uma mensagem de Paz a todos que se cruzarem com ela.

 

 

Está em... Home Agenda Procissões